terça-feira, 13 de setembro de 2011

Desce Mais Uma!

Pela Janela
- Rafael Castellar das Neves -

Matisse - janela aberta

Há tempos que nesta janela,
Nesta mesma janela,
Ponho-me atento a tudo observar,
A tudo o que se faz por ela passar.

Há tempos que neste observar,
Especulo os movimentos e me delicio com as expressões.

Há tempos que destas reações,
Faço minhas imitações sem [é lógico] esquecer as infundadas deduções.

Há tempos que nesta janela,
Fico a tudo observar,
Sem de mais nada me lembrar.

Há tempos que atrás desta janela,
Ponho-me assim: de tudo protegido e escondido,
De tudo que somente além dela se faz passar.

Hoje, um agradável dia ensolarado,
Como há tempos não fazia,
Pus-me despreocupado pelos passeios a caminhar,
Com um semblante difícil de desvendar,
Sentindo os cheiros e os sabores da paisagem
Há tempos nesta mesma janela a se formar,
Agora comigo por ela a se observar.

Por Rafael Castellar das Neves @ Desce Mais Uma! (http://descemaisuma.blogspot.com)

2 comentários:

Rafael Castellar das Neves disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rafael Castellar das Neves disse...

Muito legal, Flávio! Primeira vez que tenho uma imagem associada a um texto meu e esta ficou muito a ver!!

Abraço...