quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Humberto Giancristofaro lança seu livro "Persona non grata"

No dia 30 de novembro, o escritor Humberto Giancristofaro lançará seu primeiro livro de contos, Persona non Grata, no Teatro Gláucio Gill. Para a abertura do evento, o autor escreveu e dirige a performance Há nela qualquer coisa de triste, título homônimo ao primeiro conto de seu livro. A performance começará as 20h e será feita pelo ator João Victor Cavalcante.

Trecho do livro:

“Num ato de soberba demonstração de supremacia e volição da minha independência, borrifo o máximo que posso o meu repelente sobre toda extensão de existência das formigas que posso encontrar em meu caminho, da lata do lixo ao buraco de escape na parede. Aperto o spray como quem quer exterminar uma espécie inteira, derramando sobre sua memória os pesares de um convívio que não deu certo pela intolerância à diversidade e partilhado poder.”

Sinopse:

Cinco contos, cinco dias quaisquer na vida de um silencioso intelectual acostumado com o mundo dos livros, confrontado com situações cotidianas que parecem ultrapassar sua capacidade de racionalização.

Numa cidade onde vivem os operários de uma grande indústria, o personagem principal ignora, em seu dia-a-dia, a rotina do lugar. A vida levada pelos demais habitantes da cidade destoa daquela de um intelectual. O café que ele frequenta quase automaticamente, num exercício de monotonia diário, mostra a distância entre esses dois mundos. A convivência com a “mundaneidade” da vida de um operário dá um nó na cabeça do filósofo. Seu mundo sempre racional, sempre certo, se confunde com o daquelas pessoas e não resiste a algo que é maior que ele: a evidência da vida em toda a sua complexidade.

 A realidade ultrapassa a ficção que cria todos os dias no escritório de uma revista de filosofia. Ele passa a ver a resistência da vida no sentido das coisas, e ele mesmo não resiste. Começa a desenvolver sintomas de descrença, a duvidar do que vê, do que ouve, do que sente. E cai cada vez mais fundo, com suas antigas convicções, em novas obsessões, aflições, neuroses que já não sabe como, nem se devem ser combatidas.

Humberto Giancristofaro
Curriculum:

Humberto Giancristofaro é escritor e roteirista. Mestrando em Filosofia no Instituto de Filosofia e Ciências Sociais da UFRJ, pesquisador das teorias francesas de Estética contemporânea. Formado em Filosofia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, completou seus estudos em Filosofia da Arte na Universidade Vicennes-Saints-Denis Paris VIII. É sócio-colaborador da Questão de Crítica revista de críticas e estudos teatrais. Autor do livro Corpo sem órgãos: Estética da crueldade em Deleuze.

Serviço
Teatro Gláucio Gill
Praça Cardeal Arcoverde s/n - Copacabana, Rio de Janeiro
Dia: 30 de novembro
Horário: 20 horas
Entrada gratuita

Nenhum comentário: