terça-feira, 15 de novembro de 2011

O pé de maracujá

Uma planta que luta
Que procura subir na vida
Uma planta que não aceita o chão rasteiro
Mesmo se cortarem até a raiz, volta a nascer
Mesmo se não tiver muita terra
O pé de maracujá
Tem muitos tentáculos
Que o ajudam a vencer a gravidade
Nem o vento o pode derrubar
Enquanto as outras plantas dormem
O pé de maracujá parece pensar
Sabe onde se agarrar
Com muita garra
Poucas pessoas prestaram atenção em um pé de maracujá
Ele é o mais atacado pelas lagartas
Que as vezes conseguem destruí-lo
Mas os que ainda sobram conseguem escalar
As duras barreiras que a vida lhe impôs

Mauro Bandeiras

Nenhum comentário: