sexta-feira, 13 de abril de 2012

Retomada do projeto da Biblioteca de Botafogo

Miguel Sousa Tavares abre o projeto de ocupação cultural da Biblioteca Popular Municipal de Botafogo dia 17/04.

Programação de Abril é dedicada à Semana de 22, e as atrações gratuitas vão até novembro de 2012.


Arte gratuita e de qualidade para todas as idades e todos os gostos. É com esta proposta que o “Estação Pensamento e Arte” reestreia sua programação dia 17/04 na Biblioteca Popular Municipal de Botafogo. No evento de abertura do projeto de ocupação cultural do espaço o escritor português Miguel Sousa Tavares fará a leitura

de trechos de seus livros Equador e No teu deserto.


Augusto Brício



A programação de abril será dedicada à Semana de Arte Moderna, que completa 90 anos em 2012 (veja programação completa abaixo). Para repensar e conhecer melhor aquele que foi um marco na cultura brasileira, a curadora geral do projeto, Suzana Vargas, convidou nomes afinados com o assunto. Entre outros, o diretor e escritor Luis Carlos Maciel, que fará a leitura da peça “O Rei da Vela”, escrita por Oswald de Andrade e que teve montagem antológica pelas mãos de José Celso Martinez Correa; o crítico de arte Frederico Moraes e o pesquisador João César de Castro Rocha, discutindo a estética modernista; e o poeta Eucanaã Ferraz, no comando do “Sarau Modernista”. As crianças também terão vez na recriação do universo modernista, com a oficina e brinquedoteca em homenagem à pintora Tarsila do Amaral “Todo mundo tem um pouco de Tarsila”, com a arte-educadora Lídice Mattos.

Além das homenagens à Semana de 22, o projeto abriga em abril a edição 2012 do evento “Encontros Literários”, com curadoria do escritor e jornalista Marcelo Moutinho. Para falar sobre os diálogos entre literatura e cinema, estarão na biblioteca Marçal Aquino e Marcelo Janot. No mesmo mês, também se destaca a oficina de poesia “Farani Cinco Três: Poesia e Performance”, com Chacal. Outro convidado de honra a se apresentar no projeto é o trio Madeira Brasil, com
Ronaldo do Bandolim (bandolim), Zé Paulo Becker (violonista) e Marcello Gonçalves (violonista).
Programação de qualidade o ano todo
Para o primeiro semestre de 2012, o “Estação Pensamento e Arte” já tem confirmados mais nomes pra lá de especiais: o crítico e escritor José Castello (vencedor do Jabuti de 2011), o também premiado escritor Luiz Ruffato, o escritor e jornalista Arthur Dapieve e o violonista Yamandu Costa. 
A curadora do projeto, Suzana Vargas, diz que a retomada das atividades  confirma o sucesso da iniciativa em 2011, quando cerca de duas mil pessoas passaram pela bela casa da Biblioteca Popular Municipal de Botafogo. “É muito bom saber que a Secretaria de Cultura e o público reconhecem a importância dessas ações que levam dinamismo e visibilidade a um espaço que é de todos, como a biblioteca”.

Sobre o projeto
Entre agosto e dezembro de 2011, o projeto “Estação Pensamento e Arte” atraiu um público numeroso e eclético aos corredores da Biblioteca Popular Municipal de Botafogo, para eventos gratuitos e de qualidade incontestável: palestras, cursos, seminários, workshops, encontros literários, mesas de debates e shows. Dezenas de intelectuais, artistas e músicos rechearam a programação neste período, com destaque para Mia Couto, João Máximo, Ruy Castro, Milton Hatoum e Ana Maria Machado.

Local: Biblioteca Popular Municipal de Botafogo - Rua Farani 53, Botafogo – RJ
Informações: (21) 3235-3799 :: estacaopensamento@gmail.com
Realização: Estação das Letras
Apoio: Prefeitura do Rio de Janeiro /Secretaria Municipal de Cultura
Assessoria de imprensa: Canto do Trabalho - Jaciara Rodrigues & Juliana Prado
Curadoria geral: Suzana Vargas
Outros curadores:
“Concertos” – Yamandu Costa
(de abril a junho)
“Plano sequência” – Rodrigo Fonseca

“Espaço brincar” – Ninfa Parreiras
“Encontros literários” – Marcelo Moutinho

ABRIL

ABERTURA
LITERATURA, LEITURA E HISTÓRIA, com Miguel Souza Tavares
17/04,
terça-feira, 19h30
Miguel Sousa Tavares - Escritor português. Autor de livros de reportagem e crônicas, como Sahara, a república da areia e Sul, de livros infantis e juvenis, como O planeta Branco e O segredo do rio e dos romances Equador, Rio das Flores e No teu deserto.
CURSO
MANIFESTOS DO MODERNISMO: VANGUARDAS EUROPEIAS E O MODERNISMO BRASILEIRO
23/04 (2ª feira), 25/04 (4ª feira) e 30/04 (2ª feira), das 15h às 17h
Gilberto Mendonça Teles - Poeta, crítico (ensaísta), professor Emérito da PUC-Rio e da UFG. Professor honoris causa da UFCE. Autor de Hora aberta (poemas) e dos livros de crítica Drummond – A estilística da repetição, A retórica do silêncio e Vanguarda europeia e modernismo brasileiro. Recebeu os prêmios Machado de Assis (ABL), Juca Pato (UBE-SP) e Jabuti (CBL).
 CICLO DE PALESTRAS - A ESTÉTICA MODERNISTA

18/04
(4ª feira), das 19h às 21h
UMA LITERATURA ANTROPOFÁGICA
João Cezar de Castro Rocha - Professor associado de literatura comparada da UERJ e pesquisador do CNPq. Autor de cinco livros e organizador de mais de 20 títulos publicados no Brasil e nos EUA. Doutor pela Universidade de Stanford e UERJ. Pós-doutor pela Universidade Livre de Berlim/Fundação Humboldt.

19/04
(5a feira), das 19h às 21h
TARSILA DO AMARAL: UMA OBRA-MANIFESTO
Frederico Morais - Crítico e historiador de arte, audiovisualista, curador de quase uma centena de exposições no Brasil e no exterior. Várias vezes premiado, foi titular da coluna de artes plásticas de O Globo. Publicou dezenas de livros, entre os quais Cronologia das artes plásticas no Rio de Janeiro: 1816-1994, Arte é o que eu e você chamamos arte e João Câmara: trilogia.

23/04 (2ª feira), das 19h às 21h
ESTÉTICA MUSICAL MODERNA: UM CONCEITO
Ricardo Prado – Compositor, regente e diretor artístico. Tornou-se diretor da maior escola de música pública do Brasil, a Villa-Lobos, no Rio de Janeiro, antes dos 30 anos. Colaborador dos maiores órgãos de imprensa do país e autor de artigos, ensaios e contos publicados em diversas coletâneas.
WORKSHOP
O REI DA VELA, UMA LEITURA
24/04
(3ª feira), das 18h às 21h
Luis Carlos Maciel - Bacharel em Filosofia pela UFRGS, estudou direção teatral e roteiro no Carnegie Institute of Technology, EUA. Dirigiu inúmeros espetáculos teatrais, oficinas de interpretação e de roteiro e publicou muitos livros sobre teatro, cinema e cultura em geral.
ESPAÇO BRINCAR
TODO MUNDO TEM UM POUCO DE TARSILA
28/04
(sábado), das de 16h às 17h
Lidice Mattos - Artista visual, educadora, curadora, arquiteta, mestre em história e crítica da arte. Educadora na Escola de Artes Visuais do Parque Laje, Rio de Janeiro, museus e centros culturais como MAM-RJ, Museu do Açude, Paço Imperial e Casa França Brasil. Tem trabalhos publicados na Anpap e na Revista Concinnitas, e exposições realizadas na EAV, Universidarte e Camberwell College of Arts.
CONCERTO DE OUTONO
TRIO MADEIRA BRASIL
CURADORIA: Yamandu Costa
27/04
(6ª feira), das 19h30 às 20h30
Trio Madeira Brasil é uma das melhores novidades surgidas no universo da música instrumental dos últimos tempos. Ronaldo do Bandolim (bandolinista), Zé Paulo Becker (violonista e mestre em música pela UFRJ) e Marcello Gonçalves (violonista e diretor musical) reúnem-se em torno de uma proposta artística ousada: fazer uma música ao mesmo tempo calorosa e bem acabada, apresentando um repertório tão precioso quanto eclético, com o que há de melhor na cultura brasileira e atento às manifestações de outras culturas.
 LEITURAS IMPERDÍVEIS
SARAU MODERNISTA: A POESIA EM PÂNICO
30/04
(4ª feira), das 19h às 21h
Eucanaã Ferraz - Poeta e professor da UFRJ. Organizador de Letra Só, de Caetano Veloso, Poesia completa e prosa de Vinícius de Moraes e Versos de circunstância, de Carlos Drummond de Andrade. Autor dos livros de poemas Desassombro, Rua do mundo e Cinemateca. Publicou, ainda, Folha Explica Vinícius de Moraes. Consultor de literatura do Instituto Moreira Salles.  


OFICINA DE POESIA

FARANI CINCO TRÊS: POESIA E PERFORMANCE
Início: 14/04 (sábado) das 11h às 13h
Ricardo de Carvalho Duarte (Chacal) - Poeta com 15 livros publicados, um dos fundadores do movimento Poesia Marginal nos anos 70. Belvedere, sua obra completa, foi Prêmio APCA (SP) em 2007. Em agosto de 2012, lança Murundum.
 ENCONTROS LITERÁRIOS
Literatura e cinema: diÁlogos
25/04, quarta-feira, 19h30 às 21h30
Com Marçal Aquino. Mediação de Marcelo Janot.
CURADORIA: Marcelo Moutinho

Nenhum comentário: