terça-feira, 9 de outubro de 2012

A maioria das pessoas vive na China


Na Noruega eles conseguem misturar, num filme só, poesia com política. Ironia com drama. Humor com sensibilidade. Em 8 episódios partindo de um posto de gasolina no meio da estrada, vê-se o sujeito que perdeu todas as roupas após parar o carro para tomar um banho no lago. Não muito longe, uma mulher tenta recuperar um bem correndo nos campos atrás de uma vaca. Um sujeito conserta um carro e, sem saber, também um coração. Velhinhos socialistas se metem num lamaçal. Um par de crianças vende rifas. Um médico recebe a visita do passado. Isso tudo enquanto um avião está sendo construído aos poucos.
A MAIORIA DAS PESSOAS VIVE NA CHINA é uma dessas surpresas que encontramos por acaso navegando na internet e que, depois de encontrada, queremos compartilhar. É uma produção norueguesa de 2002 que nunca foi exibida comercialmente no Brasil (nem em DVD). Tive a sorte de assistir, e escrevi sobre ela aqui:

Maurício Limeira

Nenhum comentário: