quarta-feira, 6 de março de 2013

“À Beira do Abismo me Cresceram Asas”


Maitê Proença e Clarisse Derzié Luz em

"À Beira do Abismo Me Cresceram Asas"

De Maitê Proença
A partir de texto original de Fernando Duarte

Direção: Maitê Proença e Clarice Niskier
Supervisão: Amir Haddad

A partir de 08 de março no Teatro Leblon
                                                                      

Estreia dia 08 de março, no Teatro do Leblon, o espetáculo “À Beira do Abismo me Cresceram Asas”, de Maitê Proença (baseado em pesquisa e ideia de Fernando Duarte), dirigido por Maitê Proença e Clarice Niskier, com supervisão de Amir HaddadO texto tem como ponto de partida histórias reais colhidas em diferentes asilos do Brasil. A partir daí, criaram-se novos histórias, ideias, conceitos, costurou-se suspense com magia, brotou a dramaturgia, surgiu a peça e nasceram Terezinha e Valdina.

Nossas velhas são tão crianças, tão jovens e tão maduras quanto tantas outras sólidas senhoras que vemos pelas ruas. São mulheres tão intrigantes quanto "As Meninas”, que - também pelas mãos de Maitê - deram passagem a elas.

“O que você vê quando olha pra mim? Uma velha rabugenta e reclamona? Eu não sou o que você está olhando.  Eu sou aquilo que está dentro do que você está olhando.  E o que eu converso com você vem de lá, eu sou o lado avesso da velha que você vê. - Terezinha

Teresinha e Valdina são as protagonistas do espetáculo. Valdina (Clarisse), de 80 anos, parece levar o dia a dia com otimismo, sem nostalgias, mas não se engane, ela carrega um grande segredo. Terezinha (Maitê), de 86, é de temperamento carrancudo ainda que bem resolvido. Em comum têm a praticidade dos que aprenderam a simplificar a vida já que não há tempo para complicá-la.  E têm a grande e indispensável amizade que se desenvolveu pelos anos de convívio.

crédito: Paula Kossatz


O lado escritora de Maitê Proença

Paralelamente à carreira de atriz, Maitê segue seu trabalho como escritora. O terceiro livro de sua carreira, É duro ser cabra na Etiópia, chega às livrarias em abril pela editora Agir e apresenta ao público uma nova faceta em sua trajetória: a de editora. A inovação salta aos olhos já no projeto gráfico, absolutamente original, criado por Maitê junto aos designers da Cubículo, com páginas coloridas que foram diagramadas cada uma de um jeito. Os temas e estilos dos textos variam, mas giram em torno de um desafio: deixar a imaginação correr solta dentro do limite de 1.500 caracteres, de preferência com uma boa dose de humor. A partir de 1.622 crônicas enviadas à artista por meio de um site criado por ela especialmente para receber o conteúdo, foi feita uma seleção rigorosa. Entre os autores estão anônimos e famosos, como José Eduardo Agualusa, Tatiana Salem Levy, Clarisse Niskier, Jorge Forbes, Carlos Heitor Cony e a própria Maitê.


FICHA TÉCNICA
Autora: Maitê Proença
Texto original: Fernando Duarte
Supervisão Direção: Amir Haddad
Direção: Maitê Proença e Clarice Niskier
Elenco: Maitê Proença e Clarisse Derzié Luz
Cenário: Cristina Novaes
Desenho de Luz: Jorginho de Carvalho
Figurinos: Beth Filipecki
Trilha Sonora: Alessandro Perssan
Direção de Movimento: Angel Vianna
Preparação Vocal: Rose Gonçalves
Assistente de direção e produção: Mayara Travassos
Assistentes de Iluminação: Daniel Galván
Assistente de Figurino: Edy Galvão
Confecção de Figurinos: Atelier de Costura – Edy & Ga
Assistente de Cenografia: Dina Levy
Assistente de Movimento: Marina Magalhães
Fotografia: Renata Dillon
Visagista: Cristiane Vicente
Maquiagem: Fabíola Gomez
Design Gráfico: Cubículo
Técnica em Iluminação Cênica: Poliana Pinheiro
Técnico de Montagem de Luz: Antônio Diniz
Técnicos Auxiliares de Luz: Denni Cintia, Marcos Braga e Samitri Bará
Operador de Luz: Hélio Malvino
Operador de Som: Alexandre Corecha
Diretor de Cena: André Boneco
Camareira: Nájala Nascimento
Assessoria de Imprensa: Daniella Cavalcanti
Assistente de Assessoria de Imprensa: Fernanda Miranda
Direção de Produção: Cássia Vilasbôas
Produção Executiva: Fernando Duarte
Administrativo Financeiro: Karime Khawaja
Realização: NOVE PRODUÇÕES

SERVIÇO
Ensaio aberto: dias 1º, 02 e 03 de março – R$30,00
streia para convidados: dia 07 de março
Estreia para público: dia 08 de março
Local: Teatro do Leblon – Sala Fernanda Montenegro (Rua Conde Bernadotte, 26 – Leblon)
Telefone: 2529-7700
Bilheteria: de terça a domingo, a partir das 15h
Valor: quinta e sexta – R$60,00, sábado – R$80,00, domingo – R$70,00
Horário: quinta a sábado, às 21h, domingo, às 20h
Capacidade: 413 lugares
Duração: 75 minutos
Classificação: 12 anos
Gênero: comédia dramática
Temporada: 08 de março a 28 de abril

Nenhum comentário: