domingo, 24 de novembro de 2013

A prostituta respeitosa

O texto “A Prostituta Respeitosa”, de Jean-Paul Sartre é o segundo trabalho do Grupo Fragmento, composto por alunos formados da Cal e juntos desde 2007. A montagem, que entra em cartaz na Sede das Cias no dia 27 de Novembro, narra a história de Lizzie (Carolina Dessandre), uma prostituta que foge de Nova York para recomeçar a vida numa cidade pequena, no Sul dos EUA de 1946. No caminho de trem, ela é vítima de abuso sexual e testemunha um assassinato.
A partir de então, tanto o negro, acusado injustamente, quanto a família do verdadeiro assassino, um branco, sobrinho do senador dos EUA, fará de tudo para arrancar de Lizzie um falso testemunho. Escrita em uma época que o filósofo defendia sua teoria existencialista, a peça trata sobre a liberdade do indivíduo, a segregação racial, a corrupção, a liberdade de escolha, os padrões de relacionamento e a busca pela verdade, temas que permeiam os diálogos e situações com que os personagens se deparam.

SINOPSE

A Prostituta Respeitosa é uma peça escrita em 1946 por Jean Paul Sartre, na época em que ele tentava combater as críticas à sua teoria existencialista, buscando um existencialismo humanista. Lizzie, a prostituta respeitosa, se vê envolvida em uma questão racial no sul dos Estados Unidos. Ela tenta não tomar partido, mas tanto o negro, acusado injustamente, quanto alguns brancos, que representam o culpado, dependem de seu testemunho.


SERVIÇO

Temporada: de 27 de novembro a 22 de dezembro
Local: Sede das Cias (Rua Manuel Carneiro, 12 – Escadaria Selarón, Lapa, Rio de Janeiro)
Telefone: (21) 2137-1271
Horário: Terças, quartas e quintas, às 20h
Ingressos: R$20,00
Bilheteria: 1h antes do espetáculo
Duração: 80 minutos
Capacidade: 60 lugares
Classificação: 16 anos

Gênero: Drama

Nenhum comentário: